Lauro de Freitas: As reclamações continuam sobre o som alto do Rio Buteco em vilas do atlântico

Na madrugada de quinta-feira (12) para sexta-feira (13), mais uma vez, a equipe da LFTV recebe diversas denuncias acerca do Rio Buteco Vilas, localizado no Shopping Giovanni Center, na frente do condomínio residencial Eco Villas.

Há algumas semanas, diversas paginas tem noticiado a poluição sonora causada pelo Bar, mas até o momento, não houve nenhuma manifestação da prefeitura de Lauro de Freitas e os moradores do Condomínio Eco Villas, perguntam, ATÉ QUANDO?

As reclamações foram uma das causas que deram inicio ao movimento “Chega de Poluição Sonora” que conta com uma pagina no Instagram, onde diversos residentes ao redor do bar relatam com palavras e vídeos as dificuldades que encontram de dormir no local, por conta do som, que ao visto não tem hora para acabar.

Acontece que, no dia 08/08 (Domingo passado), nem mesmo a presença da Policia Militar foi capaz de esboçar algum tipo de resposta da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas. Fato é que no dia 08, foi relatado pela 52° CIPM que “clientes após consumiram bebidas alcoólicas no estabelecimento, iniciaram uma briga generalizada e passaram a se agredirem fisicamente e que foram convidados a sair do local.”

O movimento contra a poluição sonora deixa um recado para todos:

” As ocorrências de poluição sonora estão aumentando e gostaríamos de sugerir que, por favor, orientem as vítimas que cada ocorrência seja formalizada detalhadamente nos órgão responsáveis com dia, hora, local, se o denunciado é reincidente, vídeos, testemunhas, outros denunciantes, etc.”

O que fazer em caso de poluição sonora em Lauro de Freitas?

  • Ligar para 190 e comunicar a Polícia Militar da Bahia;
  • Enviar denúncia para o CIMU – Centro Integrado de Mobilidade Urbana (CIMU), através do whatsapp 8153-4034;
  • Enviar a mesma denúncia para a Ouvidoria Geral do Município através do e-mail ouvidoria@laurodefreitas.ba.gov.br ;

Assista os vídeos das denuncias realizadas pelos telespectadores da LFTV:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram