Bahia: Copa Norte e Nordeste e criação de centro de treinamento estão na pauta na retomada do calendário de basquete baiano

A retomada do calendário de competições do basquete foi pauta de encontro mantido na manhã desta segunda-feira (23), entre Vicente Neto, diretor-geral da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e os dirigentes da modalidade na Bahia, Walter José Fernandes e José Lopes, mais conhecido como Índio, respectivamente presidente e vice-presidente da Federação Baiana de Basquete (FBB). 

Além do apoio à retomada ao calendário, o diretor Vicente Neto ressalta “a importância de fortalecer o estímulo à pratica do basquete em nosso estado, apoiando as ações de iniciação e os eventos, entendendo que a atividade esportiva é algo essencial para a qualidade de vida das pessoas. E depois de tudo que temos passado nestes quase dois anos, com as limitações e tristezas impostas pela pandemia, nada mais salutar do que fomentar o esporte, que em geral é uma pauta que traz alegria e saúde”, observa o gestor. 

Copa N/NE – Dentre os apoios já definidos à modalidade, está a realização da Copa Norte e Nordeste de Basquete sub 17, prevista para acontecer entre 28 de outubro e 2 de novembro. “Trata-se de uma etapa seletiva do campeonato brasileiro da categoria, com participação de seleções masculinas e femininas. Estamos pleiteando o apoio a este evento por meio do Programa FazAtleta, mas teremos também o apoio da Confederação Brasileira de Basquete”, informou o presidente da FBB, Walter José. 

Esteve ainda na pauta da reunião tema como a inclusão de Ipiaú e Jacobina  no projeto Tour Bahia, Esporte e Educacional – Circuito de Esporte e Educação, apoiado pelo Sudesb, com realização de aulas de basquete, boxe e badminton em outras 35  cidades baianas. A iniciativa tem o intuito de estimular a prática esportiva no meio estudantil, especialmente entre universitários e alunos do ensino médio, por meio de clínicas de iniciação esportiva e uma arena multiesportiva transitória.  

Segundo a FBB, em Ipiaú e Jacobina têm despontado o interesse de muitos jovens para a prática do basquete. “Como ainda têm pouca estrutura para o desenvolvimento da modalidade, importante que estes municípios tenham o fomento da Sudesb neste início, com vistas ao crescimento do basquete naquelas regiões”, defende Índio. 


Centro de Treinamento e Copa América – A implantação do primeiro centro de Treinamento de Basquete 3×3 do Brasil, com atendimento aos atletas de base e também ao público cadeirante, e a realização da Copa América forma temas tratados pela Sudesb e a FBB. 

De acordo com o vice-presidente Índio, a criação do Centro de Treinamento terá financiamento do Ministério da Cidadania, que hoje abriga a Secretaria Nacional de Esporte. “Estamos na fase de apresentação da documentação para formalizar parceria com o Ministério, mas iremos precisar de apoio do Governo do Estado para viabilização desta iniciativa, a primeira do Brasil”, observa o dirigente Índio. 

Quanto à Copa América, o presidente da FBB Walter confirmou, sim, que Salvador disputa sediar uma das etapas da Copa América. “Desde 1984, não acontece, no Brasil, uma edição da Copa América. A Federação da Bahia está empenhada em garantir nossa capital como uma das sedes, mas ainda não conhecemos o caderno de encargos que envolve um evento deste porte, daí não podermos confirmar ainda sobre a certeza de que iremos sediar. Mas estamos na disputa e seria muito importante para o basquete baiano ter Salvador sediando uma das etapas”, afirmou Walter, que também é vice-presidente da região nordeste da Confederação Brasileira de basquete., 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram