NO ALTO DO PÓDIO! Thiago Silva conquista o ouro no arranco na categoria 61kg do Campeonato Pan-Americano de Levantamento de Pesos

Pesista de 20 anos faz sua estreia em torneios internacionais adultos e conquistou três medalhas no primeiro dia de competição, em Guayaquil

No primeiro dia de competições do Campeonato Pan-Americano de Levantamento de Pesos, nesta quarta-feira (03), em Guayaquil (ECU), um menino de 20 anos encheu o Brasil de orgulho ao conquistar a medalha de ouro. Thiago Silva, pela categoria para 61Kg, em sua estreia em competições internacionais adultas, conseguiu o primeiro lugar no arranco. Ele concluiu com sucesso as três tentativas, com 110, 115 e 118Kg.

Breylin Pacheco, da República Dominicana garantiu a prata com 118kg levantados, e o norte-americano Hampton Morris ficou com o bronze após levantar 117kg.

No arremesso, Thiago Silva também foi brilhante. Depois de uma carga concluída de 140Kg, não foi bem-sucedido na segunda, com 146Kg. Mas conseguiu na terceira tentativa, com 149Kg, ficando com o bronze da categoria e conquistando mais uma medalha. O ouro ficou com Hampton Morris, que levantou 159kg, e a prata foi para o mexicano Victor Guemez, com a marca de 150kg levantados.

No geral da categoria, Thiago conquistou a prata, com 267kg levantados. Um quilo a menos que a marca do norte-americano Hampton Morris, que levou o ouro. O bronze ficou com Victor Guemez, com 267kg.

Mesmo com as três medalhas, Thiago quer mais. Perfeccionista, tem a certeza de que precisa melhorar: “Gostei da competição, gostei da minha medalha, primeira vez campeão pan-americano no arranco. Gostei, mas achei que poderia ter sido melhor. No arremesso, não achei que ia ser tão bom assim, por conta de uma semana atrás ter travado as costas e estar sentindo mais no arremesso do que no arranco. Mas dei meu máximo e conseguimos as três medalhas”, arrematou o pesista campeão.

Meninas na categoria 49kg

Antes da medalha de Thiago, entraram na plataforma as brasileiras Nathasha Rosa e Emily Rosa, competindo pela categoria para 49Kg. No arranco, Nathasha começou com carga de 77kg, e obteve êxito. Mas nas duas tentativas subsequentes, com cargas de 81 e 82Kg, não conseguiu concluir o movimento. Emily iniciou sua série com carga de 75Kg, com perfeição. Nas duas tentativas seguintes, com carga igualmente de 78Kg, não conseguiu seu objetivo. Nathasha terminou na quinta colocação e Emily na sétima.

Pelo arremesso, as brasileiras também não conquistaram medalhas no Equador. Nathasha concluiu o movimento na segunda tentativa, com carga de 96Kg. No entanto, na primeira e terceira, respectivamente, com 95 e 100Kg, não conseguiu. Emily Rosa conseguiu na primeira carga com 95Kg, mas não concluiu com 98 e 100Kg nas tentativas seguintes. Nathasha Rosa conquistou o sexto lugar e Emily Rosa ficou em sétimo.

Na classificação geral da categoria, Hayley Reichardt ficou com a medalha de ouro levantando no total 187Kg, medalha de prata ficou com Dahiana Ortiz com 182Kg levantados e, o bronze, com Maddison Pannell, levantando 177Kg. Nathasha Rosa ficou na sexta colocação geral, com 173kg, e Emily Rosa na oitava posição, com 170kg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram