Esporte: Campeonato Baiano de Corrida de Aventura agitou cidades do centro-norte do estado

Esta foi a terceira etapa da competição. A quarta e última etapa acontece em Mutuípe, no mês de dezembro 

Intitulada de Desafio dos Sertões, competidores da terceira etapa do Campeonato Baiano de Corrida de Aventura levaram adrenalina e emoção, no último final de semana ao distrito de Itaitu, situaa no município de Jacobina, região centro-norte do estado. O percurso também incluiu passagem por outros trechos da cidade do ouro e também o município de Miguel Calmon. 

O desafio contou com a participação de mais de 120 atletas e foi dividida em três categorias: quarteto misto, dupla mista e dupla masculina, das cidades de Juazeiro, Lauro de Freitas, Lapão, Jacobina, Feira de Santana, Muritiba, Pé de Serra, Cachoeira, Lençóis, Morro de Chapéu e Salvador, além de equipes oriundas de outros estados, como: Alagoas, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Fortaleza, Brasília e Sergipe. 

A competição foi realizada com provas de rapel, natação, montain bike (MTB) e trekking (corrida) nas distâncias de 10km, 50km e 120km, que durou mais de 24 horas de prova contra o relógio. O Desafio dos Sertões teve o apoio financeiro da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).  

Além de apoiar todas as etapas do Campeonato Baiano da modalidade, que terá sua última fase realizada em Mutuípe,  entre os dias 3 e 5 de dezembro,  a Sudesb disponibilizou transporte de ida e volta para o traslado dos atletas da capital participarem das provas. 

Corrida de aventura – A prática é feita em dupla ou quarteto, em ambiente natural, abrangendo várias modalidades, como: trekking (corrida), mountain bike, canoagem e técnicas verticais (trecho da prova em que os atletas devem acessar os locais por cordas, em montanha ou um precipício, através de escaladas, tirolesas, ascensões ou rapéis.).  

O deslocamento dos atletas é feito com o auxílio de mapas e bússola, estes, conhecem o trajeto somente no dia de competir. A duração das provas pode ser: curta (3h a 7h), corrida de 24 horas e as expedições (com mais de cinco dias). O relógio não para e os competidores escolhem como administrarão o tempo para descanso e alimentação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram