CLN registra redução de 33% nos acidentes durante feriado prolongado de Proclamação da República

Foram realizados 37 atendimentos médicos e mecânicos durante o período 

Cerca de 114 mil veículos passaram pela BA-099, que compreende a Estrada do Coco e a Linha Verde, entre 12 e 15 de novembro, durante o feriadão de Proclamação da República. A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa do grupo Invepar, registrou redução de 33% no número de acidentes. O percentual é resultado da comparação com o mesmo feriado de 2019, onde o feriado também foi prolongado com similaridade de dias. 

Em 2019 foram 9 acidentes, sendo 5 sem vítimas e 4 com vítimas. Este ano foram 6 no total, 4 sem vítimas e 2 com vítimas. Nenhum acidente com óbito ou feridos graves foi registrado. Ainda de acordo com os dados da CLN, entre 12 e 15 de novembro, foram realizados 37 atendimentos na rodovia.  

De modo a garantir a fluidez do tráfego e a segurança viária, a operação de Proclamação da República contou com reforço de equipe, além de equipamentos e veículos de suporte. Nesse período, o socorro a panes mecânicas foi o principal serviço prestado aos motoristas, com 23 dos 37 atendimentos realizados. Ao todo foram 6 atendimentos de suporte a veículos com pane elétrica, 4 de pane seca e 4 atendimentos clínicos.  

Para evitar ocorrências como essa, a CLN recomenda que o motorista faça a manutenção preventiva do seu carro e que confira o estado de pneus (inclusive o reserva), cinto de segurança, faróis, luz de freio e pisca alerta, antes de qualquer viagem. É recomendável também que sejam verificados óleo, amortecedores, extintor e se no carro há triângulo, macaco e chave de roda em condições de uso.  

Para garantir apoio operacional ao usuário durante a sequência de dias do feriado prolongado, os serviços da CLN puderam ser acionados pelo telefone, através do número 0800-071-3233, ao longo da Estrada do Coco (entre a Ponte do Rio Joanes e a Praia do Forte). Informações do tráfego em tempo real, assim como as condições climáticas e valores das tarifas de pedágio, estiveram disponíveis pelo site www.clnorte.com.br.  

Números do feriadão de Proclamação da República 

114.279 mil veículos na BA-099  

acidentes sem vítimas 

acidentes com vítimas 

86 ocorrências registradas 

Sobre a CLN  

A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, administra a rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos estados da Bahia e de Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35 km de vias de acesso. A concessionária presta serviço para o Governo da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia. Atualmente, a empresa gera cerca de 400 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de R$ 26 milhões em impostos para os municípios da região. 

A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, administra a rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos estados da Bahia e de Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35 km de vias de acesso. A concessionária presta serviço para o Governo da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia. Atualmente, a empresa gera cerca de 400 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de R$ 26 milhões em impostos para os municípios da região. 

A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, administra a rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos estados da Bahia e de Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35 km de vias de acesso. A concessionária presta serviço para o Governo da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia. Atualmente, a empresa gera cerca de 400 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de R$ 26 milhões em impostos para os municípios da região. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram