Entretenimento: MAM lança VISITA VIRTUAL e GALERIA de ARTISTAS e OBRAS com acesso gratuito até domingo (28)

A exposição em cartaz no MAM-Bahia já totaliza 37,4 mil visitas presenciais em quatro meses, sendo cerca de 9,3 mil pessoas por mês, com visitação de terça a domingo

A partir de agora, interessados de qualquer lugar do mundo podem acessar pela internet via link http://virtual.mam.ba.gov.br/ a ‘Visita Virtual’ da exposição ‘O Museu de Dona Lina’ que está em cartaz no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-Bahia) e a ‘Galeria de Artistas e Obras’ com fotos e minibiografias no link http://www.mam.ba.gov.br/gallery/o-museu-de-dona-lina/. A intenção do MAM-Bahia é ampliar as possibilidades de acesso às suas exposições e as informações produzidas no museu.

“É obrigação de qualquer museu e centro cultural preparar suas exposições para ampla de difusão – inclusive online –, promovendo a guarda da memória e a difusão das artes e da cultura”, destaca o diretor do MAM-Bahia, Pola Ribeiro. “Tudo que é produzido no museu, se for possível, estará na internet via site do museu (www.mam.ba.gov.br), redes sociais e outros canais”, explica o diretor do MAM-Bahia. Segundo o curador do MAM, Daniel Rangel, a experiência da ‘Visita Virtual’ possibilita perceber a espacialização curatorial e o diálogo entre as obras. “É uma visita que complementa o uso da tecnologia no museu e possibilita a fruição diretamente ligada à proposta da curadoria da exposição de relacionar as artes popular, moderna e contemporânea”, complementa Rangel.

EXPERIÊNCIA e SOFTWARE – A ‘Visita Virtual’ foi realizada por Emerson Cabral e a empresa ‘Nossa Memória, Nossa Cultura’, com fotografia, programação e imagens de drone de Alex Baradel, locução de Evelin Buchegger, além de textos de Isabel Gouvêa, coordenadora do Educativo/MAM. “É uma experiência virtual interativa baseada em espaços e obras de arte reais na ambiência do Solar do Unhão”, elucida Emerson. Cada internauta escolhe por onde ir e quais obras deseja ver mais de perto e saber mais informações.

“O internauta percorre a ‘Visita Guiada’ pelas setas que indicam avanço pelo espaço expositivo e ao aparecer um ícone ‘i’ (mais informações) em cima de uma obra de arte, clica nela e obtém mais dados na ficha sobre a obra e o artista”, detalha Emerson. A tecnologia é composta por fotografias panorâmicas de 360 graus (horizontal e vertical), reproduzindo campo visão completo. “Cada fotografia 360º é integrada a um software que cria e elabora a interatividade, permitindo fotos, textos, além de futuros vídeos e comentários sonoros, dentre outras possibilidades”, finaliza Emerson.

40 MIL VISITANTES – Em quatro meses de abertura, a exposição ‘O Museu de Dona Lina’ já totaliza 37,4 mil visitas presenciais, sendo cerca de 9,3 mil pessoas a cada mês, das terças-feiras aos domingos, de 13h às 17h. Para a segurança dos frequentadores do MAM, é obrigatório o uso de máscaras faciais.

“O museu dispõe ainda de mais de 2.500 m² de áreas livres a céu aberto com ventilação permanente, além de totens com álcool e outros explicativos com os protocolos de saúde a serem obedecidos”, detalha a coordenadora geral do MAM, Marília Gil. Para mais informações acompanhe nossas redes sociais (instagram e facebook), o site ou ligue para o telefone (71) 31176132, com atendimento das 9h às 12h e das 13h às 15h. O MAM é vinculado ao Instituto do Patrimônio da Secretaria de Cultura (SecultBA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram