Fim de semana: exposição gratuita exibe 12 dinossauros de até 6m de altura

Jardim Jurássico é opção para férias das crianças

Dica de diversão gratuita para a criançada: estreia hoje, 07, a exposição Jardim Jurássico, no Salvador Norte Shopping, que possibilita conhecer de perto algumas das espécies de dinossauros que habitaram a Terra na Pré-História.

São doze dinossauros de até 6m de altura e 13m de comprimento. Um dos destaques é o Tiranossauro Rex, que está na parte externa do shopping. O “lagarto tirano rei” foi um dos maiores carnívoros terrestres encontrados até hoje, chegando a pesar 900 quilos e é uma das espécies mais conhecidas do público por ter sido estrela de produções cinematográficas icônicas, como a saga Jurassic Park (1993). Ele vivia na América do Norte e tinha a mordida mais poderosa dentre os dinossauros. Uma curiosidade é que as fêmeas costumavam ser maiores que os machos. Dentre os que habitaram a América do Sul, estão na exposição, na Praça de Eventos (piso L1), o Carnotauro e o Amargasauro, além do Tricerátopo, Ouranossauro, Espinossauro e Estegossauro, entre outros.

Acredita-se que os dinossauros começaram a habitar a Terra há 233 milhões de anos e viveram por aqui por mais de 167 milhões de anos, quando foram extintos há mais de 66 milhões de anos. No entanto, continuam despertando curiosidade.

Além da cenografia, a exposição apresenta informações sobre a história dos animais.  Durante o passeio, crianças e adultos têm a oportunidade de conhecer a classificação de cada um, os fósseis e muitas outras curiosidades, em uma verdadeira viagem no tempo surpreendente, realista e educativa também.

Curiosidades- As esculturas são feitas de esqueleto de aço reforçado, materiais elétricos e eletrônicos e preenchimento corporal com espuma de alta densidade manualmente esculpida e com aplicação de tripla camada de borracha de silicone. As peças são pintadas com tinta à prova d’água para instalações indoor e outdoor.

O processo de fabricação das réplicas foi desenvolvido por um grupo de engenheiros e está sempre em contínua revisão para incorporar os avanços tecnológicos que surgem a todo o momento. Os teores científico e educativo ficaram a cargo de um grupo de paleontólogos especialistas em dinossauros do Instituto de Geologia da UMAM (Universidade Mexicana).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram