Camaçari: Vereadores reúnem-se para ouvir reivindicações de cadeirantes do município

A Comissão foi formada pelos vereadores Júnior Borges (União), Gilvan Souza (PSDB), Tagner Cerqueira (PT), Vaninho da Rádio (União) e Flávio Matos (União).

A Câmara de Camaçari, popularmente chamada de Casa do Povo, fez jus ao título mais uma vez ao paralisar a Sessão Ordinária, que estava sendo realizada na manhã desta quinta-feira (07/04), para atender integrantes da União de Deficientes de Camaçari (UDEC). Ao perceber a presença do grupo, o presidente da Casa, vereador Júnior Borges (União), prontamente solicitou que fosse formada uma comissão para ouvir as demandas da categoria.

A Comissão foi formada pelos vereadores Júnior Borges (União), Gilvan Souza (PSDB), Tagner Cerqueira (PT), Vaninho da Rádio (União) e Flávio Matos (União). Os membros da UDEC relataram a dificuldade que passam cotidianamente pela falta do transporte público na cidade. Entre as reclamações está a quantidade pequena de ônibus rodando em Camaçari e a quase completa ausência de elevadores para que os cadeirantes consigam acessar o veículo.

O presidente comprometeu-se a buscar junto ao Executivo Municipal soluções para os problemas apresentados. “Nós abrimos essa mesa de discussão para ouvir as demandas de todos vocês cadeirantes que precisam desse transporte público e vamos encaminhar essa demanda para que seja resolvida o mais breve possível. O que depender desta Casa nós faremos todos os esforços para atender a categoria”, afirmou o presidente.

O vereador Gilvan Souza (PSDB) também ouviu atentamente as demandas e reconheceu que o transporte público é um problema que precisa ser resolvido com urgência. “Nós estamos aqui para fazer uma discussão assertiva na busca de uma solução. Sabemos das dificuldades que o povo de Camaçari, especialmente a pessoa com deficiência, vem enfrentando com a ausência do transporte público na cidade”, declarou.

O líder do governo na Câmara, o vereador Flávio Matos (União), em concordância com seus colegas, entende que é preciso levar a demanda para a gestão municipal em busca de uma solução com brevidade. “Sabemos das dificuldades que a população vem enfrentando com a falta de transporte e junto com meus pares iremos buscar soluções junto à prefeitura de Camaçari para que se resolva essa situação na cidade”, pontuou.

Fredson Soares, presidente da UDEC, relatou as situações desagradáveis que os cadeirantes estão enfrentando. “O transporte alternativo que tem na cidade não nos atende, a cooperativa tem poucos ônibus e os elevadores não funcionam, nós ficamos à mercê disso”, pontuou. Ele também reclamou da falta de fiscalização nos transportes públicos. “Acredito que se houvesse fiscalização por parte da STT, os ônibus estariam em condições melhores”, afirmou.

Telma Nascimento, que é cadeirante, se posicionou em relação aos contratempos sofridos e da sensação de ter seus direitos violados pela ausência de transporte público municipal. “Nosso direito de ir e vir está sendo violado constantemente”, acrescentou.  

Com objetivo de resolver as demandas em relação à fiscalização do transporte, foi agendada uma reunião com a Superintendência de Trânsito e Transporte (STT), para esta sexta-feira (07/04), que contará com a presença de vereadores e representantes da categoria. Também estiveram presentes na reunião os vereadores Dentinho do Sindicato (PT), Vavau (PSB), Jamesson (União), Jamelão (Cidadania), Deni de Isqueiro (União) e Niltinho (PSDB). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram