Semana da Diversidade: Homofobia religiosa e inclusão são debatidas em live

A iniciativa faz parte da programação da Semana da Diversidade, que em Lauro de Freitas aborda reflexões de combate ao preconceito quanto à orientação sexual, identidade e expressão de gênero nos âmbitos sociais e religiosos.

No Dia Municipal de Combate a Homofobia, celebrado nesta terça-feira (17), o acolhimento e amor incondicional, pilares defendidos por Jesus, e a demonização excludente de pessoas LGBTQIA+ do rol de integrantes das igrejas cristãs, foram os assuntos debatidos na live com o tema ‘Homofobia Religiosa no contexto do cristianismo’.

O bate-papo foi transmitido pelo perfil no Instagram @departamentolgbtI vinculado à Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPADHIR) e contou com a interação de pessoas de todas as idades interessadas no assunto.

A iniciativa faz parte da programação da Semana da Diversidade, que em Lauro de Freitas aborda reflexões de combate ao preconceito quanto à orientação sexual, identidade e expressão de gênero nos âmbitos sociais e religiosos. O debate trouxe como convidado o teólogo, professor, pastor, membro da Igreja Batista Nazareth, mestrando em Cultura e Sociedade (UFBA), Luciano Santana.  

Criado desde a infância dentro da igreja cristã evangélica, Luciano se apresentou como pastor gay. De acordo com o líder religioso “o cristianismo não é homogêneo, existem vários cristianismos que surgem a partir das experiências dos sujeitos e da interpretação da bíblia”, disse. Santana acredita e prega a teologia inclusiva. “Tem muitos textos na bíblia que sofreram alteração por conta da tradução da língua original para o português e pessoas fundamentalistas usam esses textos para condenar a homossexualidade”, falou.

Ele completa que durante sua trajetória teve que se afastar por conta da falta de acolhimento. “Ouvimos dentro das igrejas discursos muito cruéis, mas nem todo cristão pensa assim. Eu rompi com essa estrutura. A liberdade não tem preço e para viver em liberdade é preciso ter coragem”.

Nesta quarta-feira (18), a programação da Semana da Diversidade acontece no, Terreiro Oyá Matamba, às 14h. A ação terá a participação do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e do GAPA Bahia. No local serão realizados exames para detecção de Infecções Sexualmente Transmissíveis e orientações preventivas.

Confira a programação:

18/05– Ação da e para a Diversidade

Apoios e parcerias – GAPA, Coordenação Estadual e CPDD, CTA, Terreiro Oyá Matamba.

Local – Terreiro Oyá Matamba – Portão.

Horário – 14h ás 16:30

19 e 25 de maio– Cine Debate no Colégio Estadual Bartolomeu de Gusmão e Roda de Conversa no Colégio Américo Simas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram