Esporte: Brasileiros avançam e conhecem adversários da fase decisiva na Gymnasiade 2022

Competição na Normandia terá pausa nas disputas de esgrima nesta quarta-feira e decisão de medalhas acontecendo no dia seguinte

O primeiro dia de competições de esgrima na Gymnasiade foi de definição para os brasileiros. Nesta terça-feira (17), os seis representantes do Brasil conheceram os adversários que terão de enfrentar na fase principal da competição que acontece na Normandia, na França. Eles voltam a jogar na região histórica na próxima quinta-feira (19), data em que buscarão a medalha no evento.

Todos os atletas do Brasil jogaram duas pules no primeiro dia de disputas da modalidade e, a partir delas, conheceram os seus lugares no chaveamento principal do torneio.

Matheus Becker foi quem alcançou o maior número de vitórias dentre os brasileiros nas pules. Na pule 1, ele triunfou em metade de suas exibições ao vencer quatro vezes: 5 a 3 diante do turco Burak Emiroglu; 5 a 1 do norte-americano Alexander Cole; 5 a 2 sobre o indiano Raj Vinisten; e 5 a 1 sobre o cazaque Abzhal Bexultan.

Na pule 2, foram cinco partidas com final feliz para o atleta do Brasil. Os seus resultados positivos foram diante de: Burak Emiroglu, da Turquia (5 a 4); Remi Garrigue, da França (5 a 4); Abzhal Bexultan, do Cazaquistão (5 a 4); Raj Vinisten, da Índia (5 a 1); e Alexander Cole, dos Estados Unidos (5 a 1). Classificado para o quadro de 8, o sabrista volta a encarar o cazaque Bexultan.

O sabre feminino teve a brasileira Isabela Chen na pista. Na primeira pule, ela ganhou um dos jogos, diante da chinesa Qianshui Zhang por 5 a 1. Na segunda pule, foram duas vitórias da atleta do Brasil. Ela bateu a cazaque Saidullayeva Nargiz por 5 a 4 e a norte-americana Ella Springer pelo mesmo placar. Na quinta-feira, o compromisso dela será diante da romena Ioana Catinca pelo quadro de 8.

Na espada feminina, Maria Vitória Paro venceu dois de quatro jogos em seu primeiro desafio nas pules, contra a turca Ilgin Kornaz por 5 a 4 e a irlandesa Lucy O’keeffe por 5 a 3. Na pule seguinte, a brasileira voltou a vencer duas vezes: diante da norte-americana Martha Kuri por 5 a 1 e da irlandesa Megan Piao por 5 a 3. Agora, ela volta a encarar a atleta dos Estados Unidos, Martha, no quadro de 16.

Rafael Amorim é o representante do Brasil na espada masculina. Ele triunfou em duas ocasiões na primeira pule. Ele superou dois turcos, Alihan Oncu e Yarkan Yilmaz, por 5 a 2 e 5 a 3, respectivamente. Na segunda pule, o brasileiro terminou não conseguindo vitórias. Classificado, Amorim encara o ucraniano Maksym Perchuk pelo quadro de 8.

Quem também está no quadro de 8 é Carolina Brecheret no florete feminino. Na primeira pule, ela bateu duas adversárias: a turca Ada Arikan por 5 a 1 e a irlandesa Alice Peardon pelo mesmo placar. A floretista voltou a entrar em ação na rodada seguinte e conseguiu uma vitória nessa fase. Ela passou por Aleksandra Wawrzonek, da Irlanda, também por 5 a 1. Nas eliminatórias, Carolina tem compromisso diante da cazaque Gnoyeva Alyona.

No masculino, o Brasil contou com André Mura no florete. Ele conheceu o seu lugar no chaveamento principal depois de vencer duas vezes nas duas pules. Primeiro, superou os turcos Aras Atasoy (5 a 4) e Ege Ozdemir (5 a 1) e, depois, derrotou novamente os esgrimistas da Turquia, agora por 5 a 0 e 5 a 4 respectivamente. No quadro de 8, o brasileiro volta a encarar Atasoy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram