Camaçari: Gestores escolares participam de formação do Centro Lemann em Mata de São João

Gestores das escolas públicas municipais de Camaçari participam, nesta segunda e terça-feira, dias 20 e 21 de junho, do primeiro encontro presencial do Programa de Formação de Lideranças Educacionais do Centro Lemann. A atividade resulta de parceria com a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), e acontece no Centro de Convenções de Praia do Forte, em Mata de São João, contemplando também diretores de unidades públicas de ensino do município anfitrião. A equipe de formadores do Centro Lemann dividiu os diretores das duas cidades em três grandes grupos e, em ambientes distintos, promoveu momentos de reflexão sobre equidade na oferta da educação pública.

Para a secretária de Educação de Camaçari, Neurilene Martins, possibilitar o aprimoramento da gestão escolar por meio de parcerias estratégicas faz parte do conjunto de medidas adotadas com o intuito de assegurar a contínua qualificação do ensino no município. “Atualmente, 49 cidades de todo o Brasil participam do Programa de Lideranças Educacionais do Centro Lemann e Camaçari é uma delas. Serão dois anos de muito aprendizado, troca de experiências e discussões enriquecedoras cujo resultado será um serviço cada vez melhor para os nossos estudantes”, afirmou.

Durante o encontro, os participantes foram convidados a se conectar ao propósito de aprimorar a atuação enquanto líderes para promover maior nível de equidade em suas redes e escolas, expandindo a capacidade de desenvolver e utilizar suas competências para mobilizar pessoas, tomar decisões e resolver desafios complexos relacionados às desigualdades educacionais. Analista de Avaliação e Monitoramento do Centro Lemann, Juliana Mangussi também participa do evento como formadora. “Acreditamos que a Educação é a base da sociedade e que só por meio dela é possível promovermos oportunidades de aprendizagem para todos”, declarou, apresentando a essência da formação.

O público-alvo da formação aprovou os conteúdos expostos e as propostas compartilhadas, a exemplo da gestora da Escola Municipal Boa Esperança, Ediele Gomes, que destacou a importância de buscar a equidade no contexto do ensino. “É uma formação muito importante, cujas reflexões e dinâmicas nos levam a obter uma consciência que automaticamente vai ajustando e transformando nossa prática profissional. É preciso pensar o coletivo sem ignorar as particularidades, para que ninguém fique pra trás. Isso é extremamente relevante e vamos levar esse conhecimento para o nosso dia a dia”, comentou.

O secretário de Educação de Mata de São João, Alex Carvalho, também se fez presente e falou da importância da formação. “É bom ver que não estamos sozinhos. Camaçari e Mata de São João são cidades que compartilham de desafios semelhantes e juntos, com o apoio de instituições sociais, vamos buscar essas soluções coletivamente. Vocês não estão aqui por acaso. Aproveitem essa oportunidade”, avaliou. A formação continua nesta terça-feira (21/06), no mesmo local, onde os gestores serão colocados diante de novas reflexões coletivas e exercícios práticos de priorização, cocriação de soluções e prototipação a partir de problemas reais, enfrentados pelas redes e escolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram