Camaçari: Recebe certificado de Núcleo Polo Verde de produção orgânica em Irecê

Visando fortalecer ainda mais a produção agroecológica de Camaçari, técnicos da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap) e agricultores de alimentos orgânicos, estarão nos dias 4 e 5 de agosto (quinta e sexta-feira), na cidade baiana de Irecê, para participarem da VIII Assembleia Geral Ordinária, promovida pela Associação Povos da Mata de Certificação Participativa, que oficializará a certificação do município como mais um Núcleo Polo Verde na Bahia.

Atualmente, Camaçari está classificada como Pré-Núcleo Polo Verde. O município é a sede do projeto, que engloba também unidades produtivas de Mata de São João e Itanagra. Os agricultores participantes estão certificados desde Dezembro de 2020 pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), através da Rede de Agroecologia Povos da Mata. Todos os anos essa Certificação Participativa é renovada, se os agricultores seguirem tudo que é estabelecido pela Lei Federal n.º 10831/03, de Produção Orgânica, e pelo regimento da Rede de Agroecologia Povos da Mata, que é o Organismo Participativo de Avaliação de Conformidade (OPAC), na Bahia.

Ser elevado à categoria de Núcleo Polo Verde, e se tornar apto para realizar o processo de certificação de outros municípios baianos, demonstra reconhecimento de que, tanto os agricultores, como técnicos e coprodutores (consumidores) de Camaçari, estão cumprindo com eficiência e comprometimento o que é estabelecido na legislação e nas normas de Produção Orgânica, que está para além de uma produção sem agrotóxico, mas se constitui com base em três princípios norteadores: meio ambiente preservado, economia sustentável e relações sociais justas.

A produção agroecológica é uma realidade que faz parte da vida de dezenas de agricultores de Camaçari que, apoiados pela Sedap, através de suporte técnico e financeiro, bem como, promoção de eventos e feiras orgânicas, são incentivados a trabalharem em busca de melhor e maior produtividade. Portanto, ser Núcleo Polo Verde é resultado de muitos esforços de todos os envolvidos. Tanto da Sedap, que atua no sentido de fortalecer o pequeno agricultor, como dos próprios produtores, que acreditando na cultura orgânica, estão aprendendo a cultivar a terra com responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram