Número de mortes por H1N1 aumenta na Bahia

Entre os dias 2 e 9 de junho, o número de óbitos subiu de 20 para 22. Entre os casos, 14 mortes aconteceram em Salvador e Região Metropolitana. Também aumentou de 42 para 49 o número de cidades com casos confirmados de H1N1. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (SESAB).

Até o dia 9 deste mês, foram confirmados 1.231 casos e 93 óbitos da síndrome respiratória aguda grave (SRAG). Dentre eles, 241 foram confirmados para Influenza, sendo 181 pelo subtipo A H1N1.  60% dos óbitos estão entre crianças de até 5 anos e adultos maiores de 60 anos, faixas etárias que fazem parte do grupo de prioridade.

Salvador registrou o maior número de óbitos (12); e mais outros 11 municípios, além de Lauro de Freitas; Camaçari; Serrinha; Vitória da Conquista; Retirolândia; Irará; Apuarema; Sapeaçu; Uruçuca e Saúde, com uma morte registrada em cada cidade.

Vacinação

O município de Lauro de Freitas bateu a meta da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Segundo informações da Prefeitura, mais de 91% das pessoas do público alvo foram imunizadas, um total de 39.265 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *