Velório e missa do ex governador Waldir Pires serão abertos ao público

O político estava internado no Hospital da Bahia com pneumonia, quando teve uma parada cardiorespiratória as 10h da manhã desta sexta (22). Na última semana, Pires, já com a saúde debilitada, fez a última aparição pública, no lançamento da própria biografia escrita pelo jornalista Emiliano José.

Além de ter sido um importante político baiano, foi um personagem marcante da política nacional de esquerda. Pires foi consultor geral da República no governo Goulart (1963 e 1964); ministro da Previdência (1985 e 1986); governador da Bahia (1986); deputado federal (de 1991 a 1994, e entre 1998 e 2002); ministro da Defesa e da Controladoria-Geral no governo Lula. Foi vereador em Salvador de 2012 a 2016.

O governador Rui Costa lamentou a morte e decretou luto por cinco dias. “Seu legado serve de herança e inspiração”. O prefeito ACM Neto também lamentou: “Waldir nos lega o exemplo de homem público”. Além dos políticos baianos, diversos parlamentares manifestaram pesar.

O corpo do ex-parlamentar será velado no Mosteiro de São Bento, no Centro de Salvador, amanhã (23), às 9h. Às 16h30, haverá uma missa em homenagem à Pires. O velório e a missa serão abertos ao público. O corpo será levado para o cemitério Jardim da Saudade, e será cremado neste domingo (24).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *