PV municipal emite nota sobre desfiliação de Gustavo Ferraz

Gustavo Ferraz, anunciou no início da semana sua desfiliação do Partido Verde (veja aqui). Segundo Ferraz a desfiliação ocorreu por conta da aproximação da legenda com a gestão petista em Lauro de Freitas. O ex-emedebista alega que foi convidado a se filiar em 2018 com o compromisso de lançar uma chapa própria no pleito de 2020.

Ontem através de nota enviada a LFTV, a presidente do partido Carmem Reys disse que Gustavo já sabia que não seria candidato desde 2019.

“Gustavo  Ferraz  veio para o PV a meu convite, porem, ele  já sabia desde a primeira semana novembro de 2019 que não teria legenda, mesmo assim ele insistiu e tentou via PV estadual e Nacional reverter o que foi devolvido para a municipal de Lauro de Freitas que manteve a decisão.Acontece que Gustavo não conseguiu convencer ou mesmo conquistar a simpatia do coletivo, entendendo que a forma de fazer politica antiga era o que valia, conseguir o que queria por cima. mas no PV as coisas são diferentes, toda  as decisões são respeitadas em cada instancia desde que esteja dentro do estatuto e dos valores do PV.Gustavo nunca respeitou a direção simplesmente sempre a ignorou desde a convenção municipal para a formação do diretório municipal em maio de 2019.

Procurou de todas as formas para ser expulso do PV, o que não fizemos, pois essa não é nossa pratica. Esperamos para ver se havia alguma mudança com relação as atitudes dele porem isso não aconteceu. Com relação a estar com o PT isso é fake, o que ocorre é que um de nossos dirigentes foi nomeado para fazer alguns projetos na SEMED, para tanto ele protocolou uma carta pedindo afastamento temporário da direção para que não houvesse nenhum desgaste para o PV e para ele que é nosso candidato.

Entendemos que como é para o beneficio da educação da nossa cidade era importante a colaboração dele. Isso não quer dizer que estamos ou vamos apoiar o PT. Nosso trabalho é no momento completar a chapa de vereadores para poder eleger vereadores apenas. Mesmo com a insistência  do coletivo do PV que eu seja candidata a prefeita, nossa missão é a chapa de vereadores e tentar recuperar os que eram nossos pré candidatos e se afastaram por entender que Gustavo não os representava.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram