Saúde: Higiene bucal x COVID-19

O atual surto do novo coronavírus, causador da doença COVID-19, foi declarado uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 11 de março de 2020, devido a sua alta virulência e rápido poder de disseminação entre a população a nível mundial.

Diante da pandemia, a grande preocupação da população tem sido com a higiene pessoal e das mãos, mas, os cuidados com higiene bucal também devem ser lembrados, afinal, a cavidade bucal é uma das portas de entrada para contágio com este e outros diversos vírus, fungos e bactérias causadores de doenças. Diferentemente do que se pensa, a boca tem ligação com todo o corpo. A infecção mais frequente nas unidades de terapia intensivas (UTIs) se dão em pacientes sob ventilação mecânica e chama-se de pneumonia nosocomial. O principal fator associado ao desenvolvimento deste tipo de pneumonia é a colonização dos pulmões pelas bactérias oportunistas da boca. Por isso, devemos sempre prezar pela boa higiene bucal, visando a prevenção contra esta e outras tantas doenças.

Estudos recentes mostram a detecção do Novo Coronavírus em saliva, língua, gengiva e dentes. Sabe-se hoje que a boca é um grande reservatório do vírus, desta forma explica-se por que indivíduos assintomáticos conseguem disseminá-lo no ambiente. O vírus está em grande quantidade na boca e sua transmissão se dá por gotículas provenientes da própria saliva durante a fala, tosse ou espirro, contaminando as pessoas ou objetos.

Os pesquisadores da Universidade de Missouri, nos USA, observaram que, alguns pacientes, apresentavam diminuição e/ou perda total do paladar, com esse estudo, observou à presença do vírus ativo, na cavidade bucal, principalmente na língua, destruindo as papilas presentes no dorso da língua, causando essa alteração no paladar.

Vale ressaltar que muito se fala de manutenção do bom funcionamento do sistema imunológico, mas você sabe o que isso quer dizer? O sistema imunológico é o responsável pela defesa do corpo contra qualquer tipo de microrganismo causador de doença, no entanto, quando o sistema imunológico encontra-se debilitado, o corpo humano fica mais propício ao desenvolvimento de doenças. Por este motivo, a manutenção de hábitos saudáveis como alimentação balanceada (rica em vitaminas, ferro, ácido fólico, ômega 3), rotina de exercícios físicos, bom sono e manutenção de laços afetivos, favorecem o seu fortalecimento e são cruciais no atual momento. É importante frisar aqui que devemos seguir as orientações de evitar aglomerações, logo, a prática de exercícios deve ser realizada dentro de casa.

A correta higienização da cavidade bucal, principalmente da língua e de todos os dentes, adotando o uso do creme dental com flúor, uso diário do fio dental e realização de bochechos com enxaguante bucal sem álcool são essenciais, ajudam a manter a saúde da boca, reduzir a virulência do novo coronavírus e também evitar outras doenças bucais que podem atuar intensificando as complicações da covid19. Destaca-se também os cuidados de limpeza e troca da escova dental. A escova deve ser higienizada após as escovações sendo colocada imersa em solução a base de água e enxaguante bucal e sua substituição por uma escova nova deve ocorrer sempre que uma pessoa contaminada estiver se recuperando, assim, evita o risco de recontaminação.

Conclui-se que a higiene bucal é imprescindível para combater as doenças e as infecções do trato respiratório. Embora a Odontologia Hospitalar tenha sido reconhecida como área de atuação do cirurgião-dentista, não houve ainda a inserção da categoria nas equipes hospitalares de enfrentamento à COVID-19. Diante de todos os conhecimentos, acreditamos que a higiene bucal dos pacientes internados em UTI em estado grave e em uso de respiradores poderia atenuar a gravidade da doença reduzindo o tempo de internação.

Dr. Ramon Santos – Cirurgião Dentista /Emergencista /Atua no enfrentamento contra COVID-19 na Bahia

Dra. Juliana Andrade Cardoso – Cirurgiã-Dentista / Especialista e Mestre em Estomatologia / Professora Universitária (UNIME Lauro de Freitas, UniRuy Wyden e UNINASSAU Lauro de Freitas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Facebook
YouTube
Instagram